Santuário

Ermida da Padroeira de Minas - Basílica da Piedade

08h

15h
17h
15h
09h
15h
15h
09h
15h
15h
11h
15h

Basílica Estadual das Romarias

Domingo
09h30
11h
Você está em:

Dom Walmor preside Missa com a consagração da Basílica da Piedade e a dedicação do altar

No Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade, em Caeté, o arcebispo metropolitano, dom Walmor Oliveira de Azevedo, presidiu a consagração da Ermida da Padroeira de Minas Gerais – Basílica Nossa Senhora da Piedade e a dedicação do altar, na tarde de sexta-feira, dia 15 de dezembro. A Missa foi concelebrada pelo bispo auxiliar dom Vicente Ferreira, padres e diáconos.

Durante a celebração, dom Walmor aspergiu água benta sobre o altar e por toda a Basílica, como parte do rito de consagração da igreja, que passa a se chamar Ermida da Padroeira de Minas Gerais – Basílica Nossa Senhora da Piedade, de acordo com o reconhecimento do Papa Francisco – Um presente para os mineiros – anunciado por dom Walmor no dia 19 de novembro, durante peregrinação de moradores de rua ao Santuário. Também foram ungidos quatro crucifixos nas laterais do altar, simbolizando os quatro evangelistas, e o próprio altar.

Dom Walmor disse que o título de Basílica é um presente para todos os mineiros. Que cada peregrino possa vir aqui e se sentir vestido da realeza de Cristo. Não apenas para contemplar, mas sobretudo para assumirmos o compromisso cristão de levantar os caídos, de fortalecer os enfraquecidos, de devolver aos irmãos a dignidade maior que é a de ser filhos e filhas de Deus. Estar aqui significa abrir o coração para receber as graças que nos são concedidas por Deus. Que nos ungindo ao coração de Deus, possamos superar tudo o que nos faça menos irmãos uns dos outros, pois precisamos, cada vez mais, nos aproximar de Deus para que brilhe em nós a luz de Sua presença que é o amor. Sobre o título de basílica, dom Walmor ressaltou: Que esta basílica seja para todos nós – devotos de Nossa Senhora da Piedade – uma escola de clemência e de bondade. Louvado seja Deus por este lugar que recebeu os primeiros peregrinos há 250 anos. Que este Santuário se torne para todos nós um motivo de sabedoria.

O Arcebispo também lembrou que ter a menor basílica do mundo em Minas Gerais tem um significado especial para o coração do povo mineiro, pois o Santuário Basílica Nossa Senhora da Piedade é uma grande pérola da fé cristã católica mineira.

A partir deste 15 de dezembro, começa o novenário em preparação para as celebrações do Dia da Padroeira de Minas Gerais – 15 de setembro. Nesta data, está marcada a consagração da igreja que agora passa a se chamar Basílica Estadual das Romarias, edificada na década de 1970, para receber as grandes peregrinações.

As basílicas são igrejas diretamente ligadas à missão do Papa e reconhecidas pelo Vaticano por exercerem significativa influência no território em que estão inseridas. Normalmente, são grandes edificações, capazes de receber muitos fiéis. Assim, a Ermida da Padroeira tem uma singularidade que a torna ainda mais especial: é a menor basílica do mundo.

A Celebração foi transmitida pela TV Horizonte, TV da Padroeira de Minas Gerais, e pela TV Canção Nova, para todo o Brasil.

Imprensa:
TV Globo
TV Caeté
TV Horizonte
Rádio Itatiaia
Rádio CBN
Jornal Estado de Minas

 

VEJA TAMBÉM